Design da periferia
Arte / Cultura

 

Carrinho de venda de café, criado por Paulo Cezar de Jesus, Salvador, BA

 

Mostra em SP apresenta exemplos práticos de como a necessidade é a mãe da invenção

Quando Platão disse que “a necessidade é a mãe da invenção” não estava se resumindo a seu tempo. É nessa máxima de A República em que se baseia a exposição Design da Periferia, que abre suas portas em São Paulo nessa sexta (25), no Pavilhão das Culturas Brasileiras do Parque Ibirapuera. Com curadoria de Adélia Borges, a mostra apresenta churrasqueiras feitas de calotas velhas de pneus, postos de trabalho de vendedores ambulantes, móveis e brinquedos elaborados a partir de materiais e técnicas das mais baratas, quando não gratuitas.

 

Fruto de longas pesquisas pelo Brasil, por cidades e comunidades de todas as regiões do país, o evento exibe preciosas lições de design de baixo orçamento, mostrando peças que vão além de simples soluções práticas para problemas do cotidiano. “Em geral são objetos improvisados, muitos feitos com detritos, com um resultado em que a simplicidade resulta de sofisticados raciocínios, mostrando soluções muito engenhosas”, afirmou a curadora em nota à imprensa.

 

A exposição é dividida em quatro módulos: Rua (com os empreendimentos que ocupam o espaço urbano, os vendedores ambulantes, carroceiros de sucata, etc), Casa (invenções domésticas), Corpo (o vestir e o pentear das periferias) e Brincadeiras (com releituras do universo infantil).

 

Ao lado de peças sem assinaturas, há algumas de “designers-artistas”, como Getúlio Damado, do bairro de Santa Teresa, no Rio de Janeiro; José Maurício dos Santos, de Juazeiro do Norte, Ceará; Fernando Rodrigues, da Ilha do Ferro, município de Pão de Açúcar, Alagoas; José Francisco da Cunha Filho, de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco; e Espedito Seleiro, de Nova Olinda, Ceará.

 

Design da Periferia fica em exposição no Ibirapuera até o dia 29 de julho, sempre com entrada franca.

 

Vai lá: Exposição Design da Periferia
Quando: de 25/01 a 29/07
Onde: Pavilhão das Culturas Brasileiras – Parque Ibirapuera – Portão 10
Quanto: grátis
Fone: (11) 5083-0199

 

Saiba mais sobre a Agência Eitodos!

 

Fonte: Revista Trip

 

eitodos | Agência Digital

Comentários